Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

sexta-feira

Buenos Aires, 05 de Janeiro de 2011

Hora de voltar pra casa! Cansadas, mas muito felizes!

Acompanhe o diário de bordo de todos os dias clicando nos posts à direita! -------->

DIVIRTAM-SE COM AS PERAMBULAÇÕES! \o

Buenos Aires, 04 de Janeiro de 2011

Baquiei de novo! Não era o mal estar do primeiro dia em Buenos Aires, mas um começo de virose mesmo! Talvez o sol forte, a mudança de clima, a viagem longa, a alimentação diferente... enfim, ou meu organismo frágil mesmo: febre e td mais!

Mas... viajante guerreira que é viajante guerreira, não tá nem aí pra isso. Vamos a Palermo!!!

A ideia era comprar umas coisinhas que ficaram pendentes da última vez que estivemos aqui; e fazer uma degustação da cerveja caseira Antares, que, infelizmente, estava fechada:


Vamos tirar uma foto poser, igual à Bel:

kkkkkkkkkkkkk


Isabel, a Católica (hauhauhau.. nunca na vida!)


O calhambeque bi-bi

Encontramos essa lojinha que vende abajur artesanais em formato de bichos:

Claro que cada uma levou um!!!

Fim da viagem...

Luciana, Cinthya, Fernanda, Arne e eu
(a cara do cansaço!)


Passando as fotos pro netbook, no roof bar, tomando uma cervejinha com Arne e batendo os últimos papos.

Ping-pong antes de dormir. Me saí uma ótima iniciante! \o

Foto com os amiguinhos argentinos do Hostel! Eita, que vai ficar a saudade:

Lu, Esteban e Cinthya

Fernanda e Esteban (best friends)


Luciana, Cinthya e Gáston


Nico, Lu, Fernanda, eu e Cinthya

A mensagem de despedida
de: Buenos Aires
para: nós
Uno busca lleno de esperanzas
el camino que los sueños
prometieron a sua ansias.
Sabe que la lucha es cruel y es mucha,
pero lucha y se desangra
por la fe que lo empecina.

Buenos Aires, 03 de Janeiro de 2011

Hora de vestir a blusa do melhor time do Ceará: FERROVIÁRIO! No terceiro dia do ano visitamos o bairro La Boca, onde se encontra o famoso estádio de futebol do Boca Juniors:

Dentro do estádio há também um Museu [foto acima] em homenagem ao Dieguito Maradona, vulgo Maricon.


Sou mais o Ferrim, Maradona! =p

Loja do Boca Juniors:

Não pagamos 30 pesos por uma visita guiada que não dá direito a assistir a nenhum jogo, preferimos tirar fotos do lado de fora mesmo! hehehehe...

Em frente ao La Bombonera, uma lojinha também com muitos artigos do Boca e várias homenagens ao futebol, inclusive ao nosso Pelé:

Rivalidade só nos campos mesmo!

Continuando a caminhada pelo bairro La Boca:


Olha só o figura disfarçado de Maradona:

Eu quase acreditei, sério! huahauhauhua


É nóis na Argentina, Ferrim! \o

El Caminito - uma das ruas mais pitorescas - e mais visitadas - de Buenos Aires. É considerado um museu à céu aberto. Além das casas coloridas, no Caminito o turista encontra uma série de dançarinos de tango se apresentando em troca de alguns pesos, e outros vendem sua imagem posando para fotos com os turistas. É uma região também repleta de vendedores ambulantes.

Tango no Caminito... veja o vídeo:


Detalhe importante sobre o bairro: O Caminito não é um lugar completamente seguro, então tome alguns cuidados. Afastar-se do Caminito é perigoso; até mesmo os argentinos costumam se assaltados por ali.

Além do mais, o bairro fede! Nããã.. gostei não!

Não demoramos muito em La Boca (principalmente porque estávamos com medo de ser assaltadas.. kkkkk) e decidimos findar o dia perambulando pela Calle Florida e fazendo as últimas compras imprescindíveis antes de voltar a Fortaleza:

Por exemplo, comprar os alfajores Havanna! =)

Passamos a noite no roof bar do hostel, bebendo Heinekkein litrão, brincando do jogo de Bastardos Inglórios, comandado pelo som de Mart'nália e ainda arriscando uns passinhos de samba pelo salão. A argentinada pirou nesse dia com a nossa passação! Altas amizades, né, Lu?! =p

quarta-feira

Buenos Aires, 02 de Janeiro de 2011

FERIA SAN TELMO

Na praça Dorrego, Rua Humberto Primo e Defensa, aos domingos a partir das 10 da manhã até as 5 hs da tarde funciona a feira de San Telmo, famosa no mundo inteiro pela sua excentricidade e a variada oferta de elementos históricos, móveis, porcelanas, óculos, canetas, maçanetas, cartões, tecidos, chaves, câmeras fotográficas, discos de tango, pôsteres , toalhas de mesa, etc. Mais de cinco mil pessoas a visitam a cada domingo.

http://www.ohbuenosaires.com


Aqui você realmente encontra de tudo:

Gente, muita gente!!!


Artesanato local


Instrumentos musicais regionais


Antiguidades


As famosas plaquinhas de Buenos Aires


Bombachas para noches de orgia
kkkkkkkkkkkkkkkkkk

E encontra a querida Mafalda:

Mafalda foi desenhada pelo cartunista argentino Quino. As histórias, apresentam uma menina preocupada com a humanidade e a paz mundial. São às vezes inocentes, muitas vezes irônicas, mas, com toda certeza, de uma sapiência pouco conhecida no mundo dos desenhos animados!

Eu trouxe a obra completa (Toda Mafalda), de 600 e tantas páginas, e me acabo de rir com as tirinhas!

Eu tinha que fazer uma homenagem pra Lidiane! =)

Pelo meio das nossas andanças, música regional argentina:


E também música brasileira ao fundo... escuta:


Depois das andanças pela feira, comprando muita prata e couro, as gatas resolveram parar num café pra fazer um lanche. Detalhe: o café era pro público gls! huahauhauhua...


Comi uma brusqueta campestre sensacional:


Pelas redondezas da Feira ainda encontramos um Mercado...


No fim da tarde, já indo pra casa, um batuque... PÁ-PÁ-PÁ... um batuque que faz todo mundo dançar, um batuque que nos convida... um batuque chamado SAMBA:

O vídeo da batucada tá aqui ó:



Arte contemporânea
nas paredes de San Telmo:

Pra mim, o melhor dia em Buenos Aires! \o