Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

domingo

Campo Grande, 18 de julho de 2015

Curtindo o último dia na piscina do hotel... 

Lindas

Café chique com ela, a top, professora Ana Célia

Pausa para o lanche: cervejinha em Congonhas, SP

Um chocolate quente pra aguentar a última conexão

Saudade é ser, depois de ter. 
 (Guimarães Rosa)

FIM.

Campo Grande, 17 de julho de 2015

Visita pela cidade...

Igreja Católica da cidade
Paisagem

Com a Dona Iracy
João de Barro's home
Linda árvore no pátio da igreja

Praça das Araras:

Ararices
Paisagem local

Fazendo turistices...

com a onça
Descanso do passeio na piscina do hotel:

Jani e eu

Rodízio maravilhoso numa das churrascarias da cidade:
Brindando à vida

Abacaxi com canela... huuuummmmm

Abacaxi com canela no espeto

Almoço maravilhoso

Picanha no espeto

Ao fundo, o futuro aquário de Campo Grande:

Antes de entrar no parque, uma visitinha ao Valley Tai, casa de show:
Decoração repleta de Budas

Em frente ao Valley Tai

Parque das Nações Indígenas: é considerado um dos maiores parques (dentro de um perímetro urbano) do mundo, com uma extensão de 119 hectares.  Abriga também o Museu do Índio.

Entrada


Parque das Nações Indígenas

Coruja no Parque das Nações Indígenas

Ciclofaixas no Parque das Nações Indígenas

Parque das Nações Indígenas

Parque das Nações Indígenas

Capivaras por todo lado no Parque das Nações Indígenas

Vista do Parque das Nações Indígenas

Muita alegria reunida

Tentando voar

Pousando para a revista Vogue Brasil

Museu do Índio:





Fim de noite no hotel com pizza

Surpresa pra nossa querida Ana Célia

Dedico esses versos às novas amizades:

Enfim, depois de tanto erro passado 
Tantas retaliações, tanto perigo 
Eis que ressurge noutro o velho amigo 
Nunca perdido, sempre reencontrado.

(Vinicius de Moraes)

Campo Grande, 16 de julho de 2015

Dia de apresentação de nossas comunicações orais no Congresso Brasileiro de LA. Meu tema foi "Aprendizagem cooperativa desenvolvendo autonomia e protagonismo em contexto de recuperação escolar": 

Eu ali sentada assistindo às comunicações

Flavia, Jani e eu após as apresentações

Só as top do XI CBLA

Passeando novamente pela Feira Central de Campo Grande:
Monumento ao Sobá

Jani, eu e Flavia no Moumento ao Sobá

Tentativa de ilusão de ótica
Fim de noite no chiquérrimo Twist Bar

Brinde à vida

Cortesia aqui é assim
Noite maravilhosa que só me mostrou que pessoas do bem atraem pessoas do bem: Ana Célia e família comprovaram isso! Merci!!!

Campo Grande, 15 de julho de 2015

Campo Grande amanhece friorentazinha...

Campo Grande e suas muuuitas árvores

Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
UFMS

Conferência em inglês (da qual eu não entendi (5%... rsrsrs) dos canadenses Brian Morgan e Ian Martin:

Brian Morgan e Ian Martin

Mesa redonda com os professores Miriam Jorge (UFMG), Moita Lopes (UFRJ) e Dànie Jesus (UFMT)

Turistando na Feira Central
Feira Central

Artesanato da feira central

Mini Yakisoba

Comendo o famoso Sobá