Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

domingo

Sabiaguaba, 18 de Dezembro de 2011

Domingo em família, com muita emoção na pista, tentativa de pescaria e muitas boas risadas!

Eu e Pierre


A única pesca decente do dia


Valeu, motorista!!!

Mais imagens lindas:
Adoro as paisagens lindas deste meu Ceará!

sábado

Guaramiranga, 18 de Setembro de 2011


Bom dia, sol! Bom dia, serra! Bom dia, Ju! A nossa casa é onde a gente está. E como em todo lar, eu também tenho minha varanda:

Bom dia!!!

Paisagem irada do Alto da Serra

Relax on the morning...
Tirando o mofo...
Uma cerva no Odilon não podia faltar!

Nativos e seus cavalênhos... rsrsrs

Guará já tá toda moderna! o/
 Hora de pegar o bêco. Foi bom demais, energias renovadas!!!

Guaramiranga, 17 de Setembro de 2011

Na primeira noite em Guará passamos muito frio. Subestimamos os graus Celsius da cidade e não fomos tão agasalhadas. Resultado: frio³³³!!! Superamos. Pela manhã, um chazinho especial, direto de Lans-en-Vercors, na França.. rsrsrs:

Tomando chá...

Animais pelo Alto da Serra


Mais bichinhos...


Dando uma de turista no Igreja Matriz

Fotos pelos Capuccinos
Minha cor predileta...

Delicadeza...

Cores do meu Brasil


Cores do Amor... =)

Dreads naturais

Guardiã

Eu e Ju contando de 1 a 10 pra tirar a foto

Casinha e costumes do interior: adoro!

Pra relaxar...

Paz...

Tá afim?

Preocupada...

Céu azul, céu azul...

Mirante artificial

No Camping Alto da Serra

Cooking...

Decoração do Alto da Serra

À noite, voltamos à praça, conversamos com alguns moradores de Guará; mas resolvemos voltar cedo pra barraca e ficar por lá falando da vida. Noite fria de novo!