Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

terça-feira

São Paulo, 12 de setembro de 2015

Visita ao Bairro Liberdade, conhecido como a maior comunidade japonesa da cidade e maior colônia japonesa do mundo, fora do Japão:

Aqui rola uma feirinha todo fim de semana

Banco Bradesco ao estilo japonês

Todas as ruas turísticas têm esses postes ao estilo japonês
Jardim Oriental

No Jardim Oriental



Templo Busshinji

Almoço no Chen's (culinária oriental)

Yakissoba com 2 guiozas e 4 bolinhas de kani
Decoração estilo japonês


Camarão no espeto, peguei esse do meio, empanado.. hmmmmm...

São Paulo, de modo mais que previsto, entrou no meu top five de melhores viagens realizadas! Descobrir essa cidade é como atravessar um labirinto que revela os mais diversos brasis. Eu talvez não moraria aqui mas voltaria (voltarei) e recomendaria aos viajantes que gostam de descobertas gigantescas, assim imensas, do tamanho da Liberdade!

O vídeo que fiz faz um resumo visual de alguns momentos nestes maravilhosos 7 dias em São Paulo:

São Paulo, 11 de setembro de 2015

Hoje foi dia de visitar o museu de arte mais importante do Hemisfério Sul. O Museu de Arte de São Paulo (MASP) possui o mais rico e abrangente acervo, com cerca de 8.000 peças, as quais incluem obras de Rafael, Bellini, Mantegna, Botticcelli e Ticiano (Escola Italiana) e obras de Renoir, Monet, Cézanne, Van Gogh, Gauguin, Modigliani, Matisse (Escola Francesa).

São Paulo amanheceu com sol

Em frente ao MASP (prédio projetado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi)


Arte da Itália: de Rafael a Ticiano (vídeo sobre a exposição):


Algumas das imagens que degustei no MASP:

Arte da Itália: de Rafael a Ticiano


Arte da Itália: de Rafael a Ticiano

Arte da Itália: de Rafael a Ticiano
Boticcelli
Eu e Rafael
Arte da Itália: de Rafael a Ticiano
Arte da Itália: de Rafael a Ticiano


Arte da França: De Delacroix a Cézanne (veja o vídeo):

 

Alguns dos meus olhares dessa exposição:

Arte da França: de Delacroix a Cézanne

Arte da França: de Delacroix a Cézanne

Arte da França: de Delacroix a Cézanne
Arte da França: de Delacroix a Cézanne

Arte da França: de Delacroix a Cézanne

Arte da França: de Delacroix a Cézanne

Arte da França: de Delacroix a Cézanne


História da Loucura: Desenhos do Juquery (veja vídeo):




Os temas me fizeram lembrar bastante do meu amigo artista Adalberto Costa: 

Exposição Histórias da Loucura
Do MASP temos uma vista pra cidade
Saindo do MASP fomos novamente à rua 25 de Março, que, diga-se de passagem, não me chamou em nada a atenção. Vale mais a pena procurar coisas pra comprar nas lojas descoladas da rua Augusta ou mesmo nas do centro.
Consuma livros!

Olha só quem eu encontro em plena 25 de março!!!

Mosteiro de São Bento

Visita maravilhosa ao escritório do querido Amândio
 Depois de pegar uma tremenda de uma chuva para sair do nosso hotel até o Shopping Higienópolis:
Baccio di Latte, sorvete italiano
A última noite em SP terminou no Clash Club, ao som da DJ Joyce Muniz (Áustria).

segunda-feira

São Paulo, 10 de setembro de 2015

Hoje de manhã assisti ao minicurso "A pedagogia de gêneros da Escola de Sydney", com prof. Dr. Orlando Vian Jr:

Prof. Dr. Orlando Vian Jr.

Sendo mestranda na USP

Com os amigos mestrandos e doutorandos da UFC na USP
Voltando ao Ibirapuera: Monumento à Bandeira
Museu Afro Brasil está localizado em um dos edifícios projetados por Oscar Niemeyer e abriga um acervo de 6 mil obras dos universos culturais africanos e afro-brasileiros, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas produzidas entre o século XVIII e os dias de hoje.
Museu Afro Brasil

Museu Afro Brasil

Museu Afro Brasil

Museu Afro Brasil

Museu Afro Brasil
Museu Afro Brasil
O Museu de Arte Moderna de São Paulo está localizado também no Parque do Ibirapuera e guarda uma das coleções mais importantes de arte moderna da América Latina.



Essa foto foi pra minha mãe
MAM
Atravessando a ponte da av. Pedro Álvares Cabral: 

Não façam fotos assim! rsrsrs..  eu quase ia sendo assaltada aí nessa ponte
Museu de Arte Contemporânea da USP:
Para sentar e descansar: mesas e cadeiras de papelão
MAC  da USP

MAC  da USP
Fnac é uma loja francesa que oferece produtos culturais e eletrônicos. No Brasil, só tem aqui em SP. Adorei a visita!!!

Entrada da FNAC

Descansando com a leitura de Millôr Fernandes

FNAC
Assistindo ao show de lançamento do 1º álbum de Val Donato
De quebra, Chico César senta do meu lado e, no final do concerto, batemos um papo sobre o show dele na Praça da Gentilândia