Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

quarta-feira

Hyères, 22 de julho de 2012

A gente quase chega atrasados ao porto; foi bom porque inaugurei meu sapato de 10 euros do Decathon, correndo 200m com barreiras.. rsrsrs.. tudo vale a pena quando a vista não é pequena.. a ilha é IRADÍSSIMA, foi uma das vistas mais lindas que eu já vi na vida. Tu sabe o que é chorar ao ver uma paisagem? Pois foi:

Entrada pro navio para Port Cros

Meu Cabral

Foi lindo

Chegamos na ilha

A ilha é totalmente preservada

Pense no medo de altura

O sol brilha

Bois

A gente cuidou pra que ela não ficasse atormentada

Tudo sinalizado

O poço das fadas

Flora

Camuflada

Indescritível

Eu chorei

Close

A erosão

Os únicos a chegar aqui

Ahhhhhh!

Danger

Ruínas

Os cabelos da árvore

Calo nos pés

Mar Mediterrâneo

Meu amor todo pequeninho

Mergulho maravilhoso, lindo demais, muitos peixes

A nossa marca

A "praia"

Final de tarde

Amigos no caminho

Um pouco de Ceará

A cerva pra fechar o dia

A raposa no estacionamento

Álcool feito pelo Christophe
 Exausta!!! Mas maravilhada, como sempre: adoro a natureza!

Um comentário:

  1. Eu chorei foi quando vi as fotos do seu 2° casamento, eu e o Roger, super sua cara. Ow amiga, mega feliz por você! Babei olhando essas fotos, tudo que eu mais sonho é algo assim. Amo! Beijão

    ResponderExcluir