Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

segunda-feira

São Paulo, 7 de setembro de 2015

Feriado no Parque do Ibirapuera. Ibirapuera, diga-se de passagem, significa "árvore apodrecida", em língua tupi. O local havia sido parte de uma aldeia indígena na época da colonização.

Piquenique no Parque do Ibirapuera

Parque do Ibirapuera

Parque do Ibirapuera - ao fundo, Monumento à Bandeira

Parque do Ibirapuera

Pedalando no Parque do Ibirapuera

Parque do Ibirapuera

Pedalando no Parque do Ibirapuera



Corrida do porco... ieeeiiii..

Adorei a árvore ali atrás


Sensação de liberdade e tranquilidade

Monumento no Parque do Ibirapuera

Um comentário: