Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

sábado

Curitiba, Julho de 2007, parte 1

Bem, como cheguei a Curitiba só o ENEL explica. Sim, fui com o pretexto de participar do Encontro Nacional de Estudantes de Letras. Poxa, é claro que ninguém participa de um encontro numa cidade como Curitiba. Quer dizer, até participa, mas mais das culturais que das palestras. Foi assim. E rendeu muita, muita coisa: experiência de voar pela primeira vez, bons amigos e muitas saudosas lágrimas que, posteriormente, transformaram-se num fanzine.

Aqui vão algumas das imagens mais legais dos lugares mais bacanas dessa cidade linda do sudeste brasileiro:

Acima, a trupe das Letras que resolveu encarar a semana de viagem a Curitiba!


Na ida, durante o voo, conhecemos Rodrigo, um ruivo dançarino, andarilho como nós!


Era inverno em Curitiba, julho de 2007. Chegamos já empacotados na Universidade Federal do Paraná, prontos para a primeira cultural do evento!


A paisagem de Curitiba era, pra mim, naquele momento, a coisa mais impressionante e emocionante que eu já havia visto. Isso é Brasil?!, eu pensava. [A flor acima chama-se amor-perfeito]


Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná. Na foto com Bruno, aluno de Letras da cidade de Maringá-PR.


Lu, eu e Daniel no Bar "El Mago", onde rolavam as culturais no encontro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário