Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

quinta-feira

Olinda, Pernambuco, Abril de 2010, parte 2

Olinda foi fundada em 1535 por Duarte Coelho Pereira, sendo elevado a vila em 12 de março de 1537 (mesmo dia e mês em que nasci.. rsrsrs):

Subindo e descendo as ladeiras de Olinda:

Acima, foto dos quatros cantos de Olinda.


Dona do maior carnaval do mundo, Olinda tem o título de Patrimônio Mundial da Humanidade e berço da cultura brasileira:


As cachaçarias nos recebiam muito bem, obrigada:


"O coro comeu, na casa de Noca, nêgo, não teve jeito. Na casa de Noca quando o coro come é sinal que a dona quer respeito" (Maria Rita):

Acima, almoço super decente na casa de Noca.


Ê, dona Olinda, nos vemos no carnaval de 2011!!!

Um comentário: