Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

sábado

Svelvik, 25 de Junho de 2014

"Haverá paradeiro para o nosso desejo, dentro ou fora do vício? Uns preferem dinheiro; outros querem um passeio perto do precipício. Haverá paraíso sem perder o juízo e sem morrer?" 
(Arnaldo Antunes) 

Acho que não preciso dizer mais nada. Estar com a natureza nos renova tanto, nos faz mais forte, vencemos desafios e aprendemos a confiar um no outro. Nossa trilha de 3 dias e 2 noites está começando...

Início da trilha

Throll feito pelos moradores

Vencendo as primeiras etapas

Vista de Svelvik:
 
Só um mapa como guia

Formigueiro imenso por todo lado

Daqui são levadas as águas mais limpas do mundo

Pedras no meio do caminho

Cogumelo gigante

Pausa para o lanche: carne ressecada

Começou a chover e eu comecei a gritar de felicidade: a aventura está só começando

Lago próximo a uma hytte

Pausa para orientação

Temperatura: 9ºC

Pausa para o almoço: macarrão bolonhesa

Repondo as energias

Eu já tava cansada, vou nem mentir

Mas a paisagem compensa tudo isso

Nosso acampamento não podia ter sido num lugar mais lindo

Meu Magayver preparando o fogo

Nosso acampamento - 1ª noite

Filtrando água para continuar a caminhada

Pausa para o jantar

Vídeo do nosso primeiro acampamento:
Meia-noite e nada de ficar escuro: céu maravilhoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário