Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

domingo

Serra da Capivara, 28 de julho de 2016

A quantidade de tocas, abrigos, vales e cavernas no Parque Nacional Serra da Capivara são de uma beleza inquestionável:

Esses lugares eram utilizados como abrigos pelos homens pré-históricos, portanto, é possível ver muitas pinturas





Cupinzeiro gigante dentro de umas cavernas






Além de trazer indícios dos primeiros homens americanos, o Parque Nacional Serra da Capivara revela também traços mais recentes da cultura dos sertanejos que por aqui passaram:

Forno construído por agricultores que aqui viviam antes da criação do Parque

Forno de farinha produzido por agricultores que vivam na região
Casa Velha da Jurubeba: abandonada há muito tempo...

... o proprietário não chegou a ocupá-la, pois migrou para Brasília


Casa do Alexandre: utilizada durante 30 anos em meados do século XX, ela serviu de moradia para o maniçobeiro Alexandre e sua família:


O abrigo rochoso foi utilizado como teto natural e complementado por paredes de taipa

Para os amigos franceses, meu esposo fez uma pequena apresentação da Casa do Alexandre | Une petite présentation de la maison du Alexandre, endroit historique du Parc National Serra da Capivara:




3º dia de Trilha travessia do Baixão das Mulheres até a Pedra Furada (cerca de 7 horas de trilha média/intensa)

  • Baixão das Mulheres
  • Caldeirão
  • Travessia do Baixão das Mulheres até a Pedra Furada
  • Toca do Boqueirão (com 1.100 pinturas)
  • Vista panorâmica do Baixão da Pedra Furada
  • Toca da Fumaça I, II e III
  • Toca do Cajueiro
  • Toca do Carlindo I, II e III
  • Gameleira centenária
  • Vistas panorâmicas do Pedro Rodrigues
  • Toca do Boqueirão do Pedro Rodrigues
  • Toca do Sítio do Meio (2º mais importante)

Neste caldeirão natural (foto abaixo), os moradores podiam pegar água, em dias de chuva, ou caminhar um pouco mais, em dias de seca, para conseguir o que beber. Nosso guia contou como, em várias momentos, teve de acompanhar a família, chorando porque não queria ir, em busca de água por entre os rochedos da Serra da Capivara:


Subidinha intensa por entre os seixos

Vista da cidade de Coronel José Dias

Vista panorâmica do Parque

Parque Nacional Serra da Capivara

À esquerda, as Torres Gêmeas (esses dois rochedos mais "gordinhos"); no centro, Pedra Furada

Ao fundo e à esquerda, as Torres Gêmeas

Céu e rochedos

Parque Nacional Serra da Capivara

Texturas...

Parque Nacional Serra da Capivara

Vista panorâmica impressionante: no meio, um pouco de vegetação verdinha

Parque Nacional Serra da Capivara

Parque Nacional Serra da Capivara

Parque Nacional Serra da Capivara

Vista da Pedra Furada por entre a vegetação caatingueira

Pedra Furada

Caatinga e sua multicoloridade

Homem-Pedra

Parque Nacional Serra da Capivara

Cactus solitário

Parque Nacional Serra da Capivara

Fim de trilha: felicidade me define

 Fonte: Turismo Arqueológico (Fundação Museu do Homem Americano).

Um comentário: