Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

segunda-feira

São Paulo, 20 de Janeiro de 2017

Penúltimo dia, chuva contínua e muita vontade de continuar visitando a capital paulista!

Foto modinha no metrô de SP: construído em 1968, essa maravilha aí é uma mão-na-roda pra locomoção urbana

Da outra fez que vim a SP não pude visitar Vila Madalena. Dessa vez, deu certo! Mesmo embaixo de chuva, compramos umas sombrinhas e enfrentamos o desafio de caminhar pelas ladeiras do bairro. A quantidade e qualidade dos grafites espalhados por aqui é uma coisa indescrítivel! Além do mais, é um local extremamente agradável de caminhar, com muitas árvores, restaurantes bacanas e lojinhas com roupas bem diferentes! Pois é... Vila Madalena agora é meu bairro favorito em SP! Quando eu for rica, bonita e professora da USP, venho morar aqui! rsrsrsrs..

Eu e o Tom Zé causando nas curvas da Vila

Hora de caminhar pelo famoso Beco do Batman (R. Gonçalo Afonso - Vila Madalena). Esse local é uma galeria de arte a céu aberto, super disputado pelos artistas locais! Eu fiquei muito impressionada com a qualidade do que se vê por aqui: 
 
Grafite no Beco do Batman

Grafite no Beco do Batman

Grafite no Beco do Batman

Grafite no Beco do Batman

Grafite no Beco do Batman
Grafite no Beco do Batman

Grafite no Beco do Batman





Sinta-se a Bondade

Verbo nas ruas

Singing in the rain

Vini inaugurando seu Kiute ao lado dos Ramones

O almoço em Vila Madalena foi um achado: no bar do Betinho (R. Wisard, 264), o almoço com salmão ao molho de maracujá, com salada à vontade e um arrozinho na manteiga saiu por apenas R$ 29,90. Além disso, a ambientação era a minha cara:

Bar do Betinho

Se liga nas escadas do bar do Betinho

Bar do Betinho com decoração de bikes

 Nosso passeio cultural continuou pelo Theatro Municipal de São Paulo. Construído em 1911, o Theatro é inspirado na Ópera de Paris e abrigou um dos mais importantes eventos da arte no Brasil: a Semana de Arte Moderna de 1922:

A fundação do Theatro: já abrigou exposições e em breve vai virar bar de Jazz

Órgão do salão principal do Theatro

Theatro Municipal de São Paulo

Eu fico imaginando o Oswald de Andrade subindo e descendo essa escadaria...

Theatro Municipal de São Paulo

Mais um salão do Theatro Municipal de São Paulo
Voltando pra casa, eis que encontramos, na Praça da República, esse casal que faz um Yakissoba SENSACIONAL, com porções generosíssimas que variam de 4 a 8 reais
A última noite de nossa aventura em SP foi fechada com chave de ouro na BrewDog, melhor cervejaria que visitamos nesses dias por aqui:

Amigos e companheiros de viagem

Melhor pedida na BrewDog
O poder: de encher a lata!
Saldo da noite

Nenhum comentário:

Postar um comentário