Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

sexta-feira

Buenos Aires, 04 de Janeiro de 2011

Baquiei de novo! Não era o mal estar do primeiro dia em Buenos Aires, mas um começo de virose mesmo! Talvez o sol forte, a mudança de clima, a viagem longa, a alimentação diferente... enfim, ou meu organismo frágil mesmo: febre e td mais!

Mas... viajante guerreira que é viajante guerreira, não tá nem aí pra isso. Vamos a Palermo!!!

A ideia era comprar umas coisinhas que ficaram pendentes da última vez que estivemos aqui; e fazer uma degustação da cerveja caseira Antares, que, infelizmente, estava fechada:


Vamos tirar uma foto poser, igual à Bel:

kkkkkkkkkkkkk


Isabel, a Católica (hauhauhau.. nunca na vida!)


O calhambeque bi-bi

Encontramos essa lojinha que vende abajur artesanais em formato de bichos:

Claro que cada uma levou um!!!

Fim da viagem...

Luciana, Cinthya, Fernanda, Arne e eu
(a cara do cansaço!)


Passando as fotos pro netbook, no roof bar, tomando uma cervejinha com Arne e batendo os últimos papos.

Ping-pong antes de dormir. Me saí uma ótima iniciante! \o

Foto com os amiguinhos argentinos do Hostel! Eita, que vai ficar a saudade:

Lu, Esteban e Cinthya

Fernanda e Esteban (best friends)


Luciana, Cinthya e Gáston


Nico, Lu, Fernanda, eu e Cinthya

A mensagem de despedida
de: Buenos Aires
para: nós
Uno busca lleno de esperanzas
el camino que los sueños
prometieron a sua ansias.
Sabe que la lucha es cruel y es mucha,
pero lucha y se desangra
por la fe que lo empecina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário