Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

quinta-feira

Lyon, 6 de julho de 2011

Decidimos enviar um postal pro Fábio, o mentor de tudo. Sem ele, eu jamais teria me aproximado de Pierre e, consequentemente, não estaríamos juntos. O postal é beeeem a cara do Fábio e espero que dentro de 2 semanas ele já esteja lendo...


O cardápio do dia: patates o au four

Colocando a mesa...

Os colegas do jardim de La Maison des Tissus:

Fazendo a sesta:

Hoje fizemos um passeio de bike pelo centro de Lyon. Os ciclistas de Fortaleza com certeza morreriam de inveja se vissem o sistema criado para os amantes da bike. Os carros sempre desviam das bicicletas e há ciclovias por tooooodas as ruas:



Há essas bicicletas por toda a cidade. Você paga 2 euros por 1 hora, com seu cartão de crédito, e pode andar por onde quiser. Terminada a hora, é só voltar e devolver a bike para este local ou outro que contenha as tais bikes:


Meu sogro trabalha aqui nesta escola de arte. Como Pierre, ele também é um super artista:



Se liga no detalhe atrás do prédio. Não são janelas de verdade, nem pessoas, são pinturas:


Halle dela Martinièr
e: o melhor lugar para se comprar queijos
Publicidade



O melhor guia turístico




Todo mundo pratica esportes: adoro!



Museu de Belas Artes de Lyon
Monumento original de Rodin:






















Findamos o dia com a agradável visita à casa de Mercor e Gabi, os melhores amigos de Pierre. Conversas agradáveis apesar da dificuldade com a língua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário