Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

domingo

Massif du Taileffer, 14 de julho de 2011

Bonjour!!! Depois de uma noite tranquilíssima, a primeira coisa que vejo é esse cenário lindo do chalé onde estávamos:


Hora de acertar os últimos detalhes: todo equipamentos de segurança, água, comida são indispensáveis:

Última refeição formal

Conferindo o percurso da trilha no mapa

Seguindo, uns 30 minutos de carro, até o estacionamento do local onde iniciaremos a trilha. No meio do caminho, encontramos a cidade enfeitada por conta do 14 de julho:

6ºC mais ou menos...bruuuuu... mas é hora de começar!
Eu e Pti'nic na foto abaixo:

Eu, Pierre, Yo, Pti'nic, Cisco, Thibault e Marine

A primeira linda cena da trilha

Força, vamos lá!

A gata já tava sentindo o naipe da trilha...

...mas sempre as recompensas:

Pausa para um pequeno lanche, enquanto esperamos Thibault e Marine que ficaram pra trás:

Chegamos! Fui diretamente pra dentro da barraca: 4ºC!!!

Os homens cuidando do fogo

O famoso salsichão da europa com queijo e pão: alimentação básica de nossa viagem

Kit etílico de sobrevivência: importantíssimo também. Se liga: vinho em saco plástico - FANTÁSTICO:

Abaixo, a galera toda.. agora com Kouech e Glapiot (observação para as amigas solteiras: o último de branco está, no momento, solteiro):

A recompensa:
Não é photoshop! É a mais maravilhosa vista com a qual já tive contato nos últimos anos!!!!

ASSISTA À PRIMEIRA PARTE DO VÍDEO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário