Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

segunda-feira

Massif du Taileffer, 16 de julho de 2011

Último dia em Massif du Taileffer... só saudades agora! Um lugar mágico:


Os meninos acordavam todo dia com aquele vigor pra fazer comédia! hehehehe... Ps.: o sem camisa está solteiro, amigas! ;)

Aproveitamos mais um dia de sol para pescar e tomar banho no lago. Quer dizer, quanto a tomar banho.. só dois tiveram coragem! =X

Uhuuuu! Finalmente pescamos um peixe!!!

E eu... só no estresse...

Hora de voltar pra casa! Toda decida é mais leve.. rapidinho fizemos a trilha de volta!

No final da trilha de volta não pudemos resistir:

Estes aqui são os pequenos chalés típicos da montanha:

Meu guia...

Agora assista aos vídeos das comédias todas:






Chegando em casa... metade da família do sul da França havia chegado. Amanhã é um dia especial: almoço em homenagem aos 80 anos de vovó Germaine. Fui recebida com um jantar daqueles: quenelle. Martine me fez ser a primeira a experimentar. Ter uma sogra francesa é uma coisa:

À mesa: Benoît, Robeen, Océane, Marie, Karine, David, La Mam's, Martine, Olivier, Pierre, Sonia (escondida), eu, Christophe e Paul

Nenhum comentário:

Postar um comentário