Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

quarta-feira

Santa Maria, 27 de outubro de 2015

Segundo dia de minicurso na UFSM, com a professora chilena Beatriz Quiroz:

Professora Beatriz Quiroz ministrando curso sobre LSF


Pegando um solzinho durante o intervalo

Fundado em 1981, o Jardim Botânico da UFSM apresenta 349 espécies catalogadas, com as devidas plaquinhas, bem didáticas e super bacanas pra trazer alunos e mesmo para o visitante leigo, como eu. Resolvi dar uma voltinha pra respirar um pouco de verde e percebi que poucas pessoas passeiam pelo local, embora seja bem seguro e tranquilo, além de muito bonito e agradável:

Artesanato de bambu

Rugas das árvores

Bambuzal

Viveiro das Samambaias

Eba! Toda feliz pegando um solzinho no campo!

Gimnospermas

Um lugar pra relaxar...

Bambuzal amarelo

Descansando...

Flores pelo Jardim

Área de plantas medicinais

Uma linda rosa pra me fazer companhia

Depois de uma caminhada de 20 minutos de volta pro campus da UFSM, esperei minhas colegas de pós-graduação, Raquel e Camila, terminarem o minicurso com o professor Thompson (lamentavelmente, no dia 3 de novembro ele veio a falecer):

Professor Thompson, obrigada pelo aprendizado que o senhor nos deixou!

Depois dos minicursos, passeio pelo centro da cidade com as meninas:

Sorvetinho colorido pra aliviar o calorzão desse dia

Antigo Theatro de Santa Maria, construído no final do século XIX, localizado na Praça Saldanha Marinho (um local de encontros, venda de artesanatos, divulgação de campanhas e também de habitação de alguns seres bizarros). Bem, voltando ao Theatro... ele foi reformado em 1992 e oferece vários espetáculos bacanas, muitos deles de graça ou a preços populares.

Theatro 13 de Maio
A Vila Belga foi construída no início do século XX e servia de moradia aos funcionários da Compagnie Auxiliare des Chamins de Fer au Brésil, empresa que veio construir ferrovias em Santa Maria. Hoje ela é Patrimônio Histórico e Cultural do município e conta ainda com 89 casas coloridas e bem características da época. Bem... além de uma feirinha que rola a cada 15 dias, aos domingos, não tem nada que movimente o local, o que é um pena... Na verdade, ao redor dessas ruas os locais se tornam um pouco mais perigosos.


Vila Belga

Vila Belga

Dale, Ferrão! rsrrs.. Essa é uma das casas da Vila Belga

Continuamos nosso trajeto pelo centro e me deparei com um céu limpo, cheio de nuvens e com essa árvore fazendo um contraste maravilhoso. Não resisti em clicar:

Céu limpo em Santa Maria

Voltamos ao Theatro 13 de Maio para assistir ao espetáculo "Piano a 4 mãos", das pianistas Vera Soares e Lise Bulcão:

Fly do concerto

Músicas tocadas durante o Concerto

Raquel e Camila fazendo pose dentro do Theatro

Prontas pra serem finas e assistirem a um concerto de piano

Incrível a habilidade dessas mulheres; nesse dia, elas testaram, pela 1ª vez, o uso do iPad para acompanhar as partituras

Fim de espetáculo, volto pra rua Silva Jardim pra cair no sono!

Nenhum comentário:

Postar um comentário