Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

quinta-feira

Lyon, 4 de agosto de 2011

Hoje foi um dia muito especial dessa viagem! Meus sogros, Martine e Olivier, me presentearam com essa pulseira, feita por uma artista aqui de Lyon. O mais marcante, pra mim, é que o presente veio com lágrimas também: os dois, emocionados, choraram pela minha partida. Vou sentir saudades do carinho de meus novos pais, com certeza!

As duas argolas, segundo Martine, representam eu e Pierre.

Depois do momento chororô, fomos pra mata, de novo, aproveitar o sol, ler livro, tomar chá, namorar...

E aí eu ganhei outro presente: dessa vez da natureza! Consegui ver um veadinho, passeando, tranquilo, bem pertinho da gente. Foi exatamente no momento que eu tinha pegado a câmera: "olha, amor, olha, amor!":

A última vista panorâmica de Lyon:

Que nossos planos me tragam de novo aqui, Pierre!
No Brasil ou na França... juntos! =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário