Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

terça-feira

Porto Alegre, 29 de dezembro de 2014

O chimarrão é a febre geral aqui no Rio Grande do Sul. Montado com erva-mate moída, adicionada de água quente. Tem gosto mais ou menos amargo, dependendo da qualidade da erva-mate. O lance é tão sério na cultura gaúcha que você pode encontrar água quente em locais públicos:

Máquina de água quente na rodoviária para que os gaúchos se esbaldem com seu chimarrão

Calma e arborizada, a Rua Gonçalo de Carvalho, em Porto Alegre, foi decretada Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental do município em junho de 2006. Ficou conhecida não só pelas árvores que formam um túnel verde em sua extensão, mas também pela luta pela preservação mantida há anos pelos moradores e até por quem não reside nela:
A rua mais linda da cidade


O Parque Farroupilha, mais conhecido como Parque da Redenção ou simplesmente por Redenção, é o parque mais tradicional e popular de Porto Alegre:

Templo Budista de PoA

Não demoramos muito, porque nossa intenção não era curtir a cidade, mas curtir o interior e conhecer o gaúcho de base. Como curtimos música eletrônica, descobrimos um festivalzinho de fim de ano em Capão da Canoa e zarpamos pra encontrar a Paola, uma amiga virtual que virou uma amiga real extraordinária:

Chegando em Capão da Canoa para passar o reveillon

Vinda de São Borja, Paola e Rafael conheciam muito bem o local e tinham casa por lá. Nos ofereceram hospedagem e um carinho inesquecíveis.
Paola e Pierre fazendo uma macarronada e um brigadeiro de panela

Nenhum comentário:

Postar um comentário