Tenho sentido muitas saudades das viagens que fiz. Não saberia, nunca, explicar a sensação feliz que me dá rever fotos, vídeos e conversar com os que lá conheci. Escrevi alguns textos tentando juntar momentos, conversas, sensações sentidas e vividas nos tantos lugares pelos quais passei. Há acréscimos, eu preciso mencionar. É ficção, portanto. Mas, os textos deste blog são completamente carregados de nostalgia... esperança... e vida! Vida, que é o estado em que quero estar permanentemente!
Boa leitura!!!

segunda-feira

Kongsberg, 4 de julho de 2009

Kongsberg Jazzfestival é um festival de jazz internacional realizado anualmente em Kongsberg desde 1964. Vários dos grandes artistas do jazz norueguês começaram a carreira nesse festival.


Em todos os festivais na Noruega, as pessoas só podem beber nos ambientes reservados para tal fim. As mesinhas à esquerda estavam reservadas exatamente para nós, bebuns.. rsrs... Ao fundo, aparece uma pontinha do Quality Hotel, local em que assistimos ao show do grupo Zanza.

Esta aqui é a Tradjazz Linie, banda de música norueguesa bem tradicional, em atividade desde 1988 (eu tinha um aninho). Como eles mesmos se definem, são "uma típica banda ao vivo, que se desenvolve entre o povo, em cima da mesa e atrás do bar". Me emocionei muito com as músicas e dancinhas no meio da plateia:

O Morten me presenteou com um cd dessa galera. São músicas muito animadas, ótimas pra ouvir quando você tá afim de se animar... rsrs...


Legal foi essa orquestra aí tocando aquela musiquinha da Pantera cor-de-rosa! Um charme!!!

Eis o ingresso pro show do grupo Zanza, banda brasileira, que tocou muita mpb e que nos fez sambar a noite toda:


Os noruegueses adoram música brasileira, mas só quem arrasava no pé eram os brasileiros que estavam por lá.

Eu gritei pra ela "toca Cotidiano, do Chico"! Sim, ela bateu palminha e começou "todo dia ela faz tudo sempre igual, me sacode às 6h da manhã"... own! Foi muito bom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário